Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Navegante

Amor, meu doce amor, teu olhar me encanta...
Teu acalanto me alegra como a flor da primavera
Que nascera na era de meus dias de infância

Amor, meu doce amor, teu sorriso a alma encanta
Quando no coração repousas em calmo silêncio
Teu afago apaga todo mal do pensamento.

Amor, meu doce amor, minha vida é teu semblante...
Me conheces desde antes, ainda no ventre materno
Contigo tudo é eterno e mesmo no maior embaraço
Da minha tenra emoção jamais deixarei de dizer.

Amor, meu doce amor, seiva da vida, tua afeição
Neste imenso e brando mar, meu coração sereno
E cáustico navega no brilho do teu olhar

Amor, meu doce amor, paixão da minha vida, te ofereço
Toda a ternura de criança que cheia de esperança
Chora por não saber decifrar o que vê nos campos a vagar
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 06/10/2006
Reeditado em 28/10/2006
Código do texto: T257541
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3129 textos (79583 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:42)
R J Cardoso