Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NO CASTANHO DOS SEUS OLHOS

NO CASTANHO DOS SEUS OLHOS

No castanho dos seus olhos eu vi um breve brilho:
breve como um sorriso refletido no espelho.
Você finge não me ver, não notar minha presença,
Não responde aos meus sinais (habituais, faciais, labiais)...

No castanho dos seus olhos eu vi um breve brilho:
tão breve que pode não ter havido, jamais existido,
Você disfarça, muda o movimento, se atrapalha,
confere meu sorriso e, novamente, ignora meus sinais...

No castanho dos seus olhos eu vi um breve brilho:
breve como a madrugada que recordo em flash-back,
quadro a quadro, tela a tela, frase a frase,
e você...  decifrando os meus sinais...

No castanho dos seus olhos eu vi um breve brilho:
breve como a noite em que a imagem fugiu do espelho
e a miragem se aninhou nos meus joelhos, querendo mais,
suplicando em movimentos labiais...

Paulo Sergio Medeiros Carneiro - abril/99
Paulo Sergio Medeiros Carneiro
Enviado por Paulo Sergio Medeiros Carneiro em 06/10/2006
Código do texto: T257739
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Sergio Medeiros Carneiro
São Paulo - São Paulo - Brasil
63 textos (9680 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:09)
Paulo Sergio Medeiros Carneiro