Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PÔR DO SOL NO GUAÍBA


A claridade derrama-se
no horizonte.

O suor, com gotas de lágrimas
escorrem em minha fronte.

É tanta beleza
que meu coração pulsa forte.

O momento é de estranheza
superando talvez a morte.

Penso em jogar-me afundando,
mergulhando em sua profundeza.

Como os raios de sol provocante
quem dera fosse eu a amante
pairando em tanta clareza.

Tudo se vai, como na vida.

O sol retirante
com seu foco brilhante.

O esforço da lida
o adeus da partida
o nunca mais da despedida.

Retorno, andando na margem
com a escuridão na alma.

Preciso enfrentar com coragem
a solidão, rejeição tendo calma.

Minha sombra é gigante.
Conforme eu ando
meu destino eu comando
mesmo com passo errante.

Luz, claridade
escuridão, saudade.

O sol se põe no infinito
onde tudo é tão bonito!

Não retorno o olhar
A lembrança, preciso guardar.

E, como criança
não desistir de sonhar.
Rosa Dias
Enviado por Rosa Dias em 06/10/2006
Código do texto: T257745
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosa Dias
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 59 anos
39 textos (6677 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:32)
Rosa Dias