Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O amor é brega

É de se crer que não há quem possa
Com o nosso amor tão brega, oh! Rosa!
Ser romântico é ser visualmente retardado
Retardado no tempo, adiantado na alma.

É de se crer que em nada se deve crer?
No que não tocamos? São religiosos...
Amo-te como quem  não toca nem vê!
Mas, acredito que talvez exista você

Como são contraditórias estas coisinhas
Como quem me chama por apelido
Tão gostoso e eu mimado! Oh! Amor
O amor é universalmente brega, que bom.

São nossas alegrias como as de todos casais?
Ou será que nos amamos tanto, que é algo mais?
Ou será que eu só amo e você nem tanto?
Não aceito pena, só aceito amor; te amo.
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 07/10/2006
Código do texto: T258382

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98433 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:16)
Andrié Silva