Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PONHA-ME EM TEUS BRAÇOS AMOR!

Manoel Lúcio de Medeiros.


Ponha-me em teus braços amor, pois quero te amar,
Grande é a saudade, maior que o Mar!
Venha agora, não me deixe esperar!
Põe-me em teus braços, e faz meus desejos,
Encosta teus lábios, e daí-me teus beijos!

Ponha-me em teus braços, tira a solidão,
A vida sozinha é como um vagão,
Que corre no trilho, sem peso no chão!
Ponha-me em teus braços, me tira o vazio,
Preenche os espaços, ocupa o meu frio!

Põe-me em teus braços, me conta segredos,
Eu quero ouvi-los, são nossos enredos,
Eu quero do amor, te dar meus brinquedos!
Põe-me em teus braços, me acocha ao peito,
Eu quero sentir-te, amar-te no leito!
                 
Põe-me em teus braços, e escuta minha voz,
Preciso falar-te, conversa a sós!
Tirar o meu medo, ser o teu feroz!
Pois eu não consigo, sem ti mais viver,
Distante de ti é como morrer!

Põe-me em teus braços, é hoje que eu espero,
Não traga desculpas, nem os lero-leros!
Eu quero é palavras, palavras de amor,
Toma-me em teus braços, me dar teu calor!
Quem ama faz tudo, não nega favor!

Ponho-me em teus braços, eu quero guarida,
Só o teu amor, me cura as feridas,
Põe-me em teus braços, me mata a saudade,
Cansei de distancia, me mata a vontade,
Viver sem amor, só traz ansiedade!

Põe-me em teus braços, acaba a distância,
Se mal me falarem, não tem importância!
Põe-me em teus braços, tira a solidão,
Quem fala mais alto, é o coração,
Deita-me no solo, me ama no chão.

Direitos autorais reservados.
Malume
Enviado por Malume em 07/10/2006
Código do texto: T258560
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malume
Fortaleza - Ceará - Brasil
452 textos (16866 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:08)
Malume