Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Toca-me o teu silêncio de agora...

Ainda agora, que tuas mãos parecem me acariciar,
que tuas palavras ainda ecoam em mim...
Agora, que ainda sinto no peito,
o pulsar de teu peito,
enquanto me sinto recostar em ti!
Toca-me teu silêncio,
dessa boca tão doce, que não mais me devora!
Toca-me a distância de teus abraços,
desses braços, porto seguro de outrora!
Toca-me e me desperta profundos sentimentos,
minha alma, meu coração choram,
minha boca ainda murmura amor por ti,
te espera sem demora!
Agora!
Que é tudo solidão e espera,
horas incertas de angustias e lamentações...
Horas cheias de sensações despertas,
pela lembrança de ti em meu corpo,
de ti em minha alma,
que nesta solidão se desespera!
Que nesta solidão te sente ainda aqui:
Olhos espargindo luz,
boca tornando-se beijos,
mãos tocando-me enlouquecidas...
Corpo reclamando-me em volupias...
Embora na verdade esteja só!
Nesta solidão tão estranha,
cuja sensação de sua presença, em mim,ainda é tamanha
que o teu silêncio me toca,
profundamente, anguste e me devora!

07/10/2006
Edvaldo Rosa
www.sacpaixao.net
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 07/10/2006
Código do texto: T258566
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173768 leituras)
23 áudios (10650 audições)
35 e-livros (8978 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:35)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor