Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CILADA

Não consigo amor fingir
Nem mesmo quando dizem me amar
No amor não podemos iludir
A quem só quer nos acarinhar

Mas o meu coração guardo
Para um alguém especial
Que pode até já ter chegado
Mas se foi como vendaval

Amar os que nos amam
Descomplica muita a vida
Mas se não somam
Também não dá pra ser dividida

Não é que eu prefira a solidão
Mas entre estar só pra constar
Ou viver uma grande paixão
Vou ficando só nesse meu caminhar

Se um dia alguém especial aparecer
Terei o imenso prazer
De poder afirmar e dizer
Vivi esse tempo todo só esperando você

Não há nada mais terrível
Do que estar com uma pessoa sem amor
Pra mim seria impossível
Conviver com quem não me inspire na alma aquele calor

Choro sozinha e sem vergonha disso
Não quero me sentir culpada
Em dor causar a quem a quem merece mais que isso
Essa é a minha vida, minha jornada e minha cilada...

 


LoucaporPoesia
Enviado por LoucaporPoesia em 07/10/2006
Código do texto: T258721

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (LoucaporPoesia). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LoucaporPoesia
Casimiro de Abreu - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
524 textos (104804 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:13)
LoucaporPoesia