Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Persuasão/Tarde de outros tempos de paz (Soneto)

Corra, minha menina, soam as trombetas
E nossas núpcias, já ao sol, começaram já
E você, hoje, nem toda a semana, teve-me
Então, talvez hoje, poderemos nos amar.

Olha, senhorita, o que fizeste de bom a mim?
Sei que em nada me agradaste, por isso
Toda a dor que sentes, posso usar contra você,
Mas, não farei, pois assim verás minha bondade

Bondade? Como que se nada tenho nesta parte!
Mas, a tua ciência me faz despertar esta arte
Já que tu, artista, elabora as minhas idéias
Fá-mas convencer que você precisa de mim.


Tarde de outros tempos de paz

É tarde agora a madrugada de outros tempos
Onde brincávamos de roda, de cantar e de dança
Com a lua nossa amiga, e o ar sem tormentos
Não tínhamos tudo, mas tínhamos nosso sorriso de criança

Era horror, oh menininha ver-te namorar
Era feliz a ver-te de saia a rodar, a rodar...
Eu me lembro de outros tempos onde nosso dia se ia pela madrugada
Nossa estrada de terra pra nostalgia sem fim, Esburacada

Mas olha beijo doce, ainda me lembro bem de você
Não tínhamos cabeça pra matar, nem tínhamos vontade de morrer
(Só de amores, e eu morri, muitas vezes, e mais se preciso for, ai ai não perdoa ninguém este moço amor...) Matava minha sede, depois que de fruta me saciava

Oh, dança beijo doce, canta, canta nossa canção
Brindo de boneca se tu me prometeres teu coração
Bobo sou como dissera, Louco menino como tu falara.
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 08/10/2006
Reeditado em 08/10/2006
Código do texto: T259195

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98435 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:11)
Andrié Silva