Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nunca estou sozinha

Nunca ando sozinha
Mesmo que nas paredes seja eco
E que na sala seja vento
E em mim apenas pensamentos

Nunca falo sozinha
Mesmo que só a minha voz escute
Que a unica mão a tocar a pele seja minha
E o riso incontido seja eu

Nunca estou sozinha
Mesmo que seja solitário o deitar
Sempre estarei eu e o conhecimento
Juntos à despertar
Brigida Bezerra
Enviado por Brigida Bezerra em 08/10/2006
Reeditado em 08/10/2006
Código do texto: T259418
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Brigida Bezerra
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 35 anos
71 textos (1630 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:47)
Brigida Bezerra