Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Estória de Amor"

Envergou seu arco e
Disparou a flecha certeira
Que me adentrou sem pedir licença
E, sem eira nem beira
Meu coração crivou
Simulei sonhos virtuais
Sobre as ondas deste mar....

Emoção inusitada
Um 'olhar', uma 'voz'
Macia, terna e segura
Por trás dessa dôce figura
Veio alguém que muito fino
Às vezes Homem,
Também menino...

Seu perfume não se sente
Seu 'calor' faz bem prá gente
Seu querer que derepente
Encanta e ilumina.
Só faz bem e não maltrata
Quando pensa arrebata!

Retornei à minha estrada
E cambaleante continuo,
Marejada eu sigo disfarçada
Andando macio como gata...
Eis que quando menos espero
Ele para minha alegria,
Com sua maresia está presente.

Meu Ôgro onipotente!
Debora F
Enviado por Debora F em 09/10/2006
Reeditado em 09/10/2006
Código do texto: T260322

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Debora F
Arco-Íris - São Paulo - Brasil
106 textos (4533 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:33)
Debora F