Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O SOL AINDA HÁ DE BRILHAR

volto pra onde te deixei
tua face não estava mais lá
noite sombria e fria, eu sei
mas não tive como antes chegar

teu sorriso já não estava presente
tua boca! mas longe que o sol
teu olhar! que não sai da minha mente
me mata, me cala, e mesmo que ausente
me faz amar!

então por que não esperar?
em algum momento sem atenção
sei que você irá voltar
e me pedir com fogo e paixão
para com amor tua boca eu beijar

Ah! o Amor,

...até o mais simples beijo
torna-se o melhor de todos

...um ínfimo pedido
torna-se algo inconfundível

...o encostar dos rostos,
o entrelaçar das mãos,
a falta e a presença

...a presença e a saudade

...o toque

...o querer tocar!

...o bem-estar!

...o nada importar!

quimeras à parte, sou eterno amante!
talvez amado ou não!

mas ainda é noite sombria e fria
e o sol ainda há de brilhar
um só pedido eu lhe faço, sorria
e irei eternamente te amar

sem nada de você esperar!
MaxVc
Enviado por MaxVc em 09/10/2006
Reeditado em 10/10/2006
Código do texto: T260558
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MaxVc
Goiânia - Goiás - Brasil, 35 anos
75 textos (4215 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:12)
MaxVc