Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AINDA É CEDO




os sinos festivos da morte
ainda não repicaram para mim.

nunca virei estátua na praça
nem há rua com meu nome.

creio na suprema possibilidade
de pegar meu disco voador

e sair por esse vasto universo,
aprendendo a aritmética das estrelas.

Mário Annuza
Enviado por Mário Annuza em 10/10/2006
Reeditado em 21/10/2006
Código do texto: T260831
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mário Annuza
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 39 anos
62 textos (3813 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:37)
Mário Annuza