Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONHOS DESFEITOS

Morena...
Das noites quentes de verão
Quando dos raios do sol poente
Que te miram no relance do entardecer,
Ficas prisioneira na mente;
Como fogo na mata virgem
De dias que outrora virão.
Morena...
De olhar profundo,
De lábios quentes,
E corpo exuberante...
Morena...
Calada de dias e noites,
Incandescência que nas trevas iluminam
O fogo ardente de uma paixão.
Morena...
Que da montanha desponta
O brilho das lentes fluorescentes;
Do coração daquele que ama,
Perdido numa inconstante ilusão.
Morena...
De sonhos desfeitos,
De vida em conjuntura
No diadema remanescente da primavera
Que reluz tristeza no ponto crucial
Como dilema de prantos e dor.
Morena...
Do apocalipse da multidão,
Perdição que outrora julga,
Da cruz de mármore se faz canção.
Morena...
De cabelos em negridão,
De peito sucumbido em prazer,
De vida embriagada de choro
E beijo ardente de amor.
Morena...
Que prediz em seu ser a vida e a morte,
Do coração em paranóia ardente;
O dia do paralipse,
Ou simplesmente morena
Dos sonhos desfeitos...
================================================
(FAÇA UMA VISITA NO MEU SITE

http://afonsoecris.ubbihp.com.br

http://massajovem.zip.net
Afonso Silva
Enviado por Afonso Silva em 10/10/2006
Reeditado em 13/10/2006
Código do texto: T260877

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Afonso Silva
Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil
402 textos (141757 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:58)
Afonso Silva