Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Oficio de Amor

Venho por meio desta
Comunicar a vossa senhoria
Que meu coração já tem pressa
Pra dizer que você irradia

Toda essa minha alma
Que vive pra te esperar
E o coração só acalma
Quando sente você chegar

E que não vai admitir atraso
E mesmo se a desculpa for boa
Saiba que o amor não é raso
E coração se machuca à-toa

Mas quem esperou tanto tempo
Pode esperar um pouco mais
E junto com esse amor o vento
Trouxe também a brisa e a paz

E mesmo que demore pra te ver
Não existe temporal que faça
Águas ruins nesse amor chover
Pra amor verdadeiro não existe ameaça

E até o fim desses dias
Pra viver encontrei a razão
E se você não sabia
Só por você bate meu coração


Denio Limeira
Enviado por Denio Limeira em 10/10/2006
Código do texto: T260979
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Denio Limeira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 34 anos
82 textos (4873 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:52)
Denio Limeira