Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor distante!

A chuva cai,
Molha o meu rosto,
Encosta em meu corpo,
Escorrega em meus pés.

Carrega de mim,
Algumas vontades,
Muitas saudades que nem cabem mais!

A chuva cai,
Caminha em direção ao rio,
Deságua em mar aberto,
Deixa comigo um bocado da dor,
Que no peito aperto e um monte de esperanças,
Que no mar a fora entre ondas,
Meu destino segue, avança!

Sigo sozinho na certeza,
Que um dia em algum lugar,
As águas do mar tocarão teu corpo,
E de novo, dançaremos juntos
Aquela mesma música!

Nesse exato momento,
Sentirás a força da saudade que sinto,
Ouvirás meus gritos aos quatro ventos,
E como brisa suave, tocarei teus ouvidos,
Como que dizendo... Ainda  te amo!

A chuva cai mais uma vez,
Enxarca teu corpo,  teu sorriso,
Toca em sentimentos quase esquecidos,

Que pouco a pouco ao encontrar-se com os meus,
Renovam o amor que ainda temos,
E volta a ser forte, de modo tão lindo, tão louco,
Do mesmo jeito que era antes!

Depois de tantos abraços, longos beijos,
Saciamos parte dos  nossos desejos,
Num vai e vem aquático frenético,
Que explode na crista da onda mais forte,

Para deitar nas areias brancas de uma praia deserta,
Pedacinhos desse amor que sempre tivemos!

 
paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 11/10/2006
Reeditado em 18/05/2015
Código do texto: T261802
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2589 textos (470788 leituras)
57 áudios (6064 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 06:57)
paulo cesar coelho

Site do Escritor