Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Coração Imaturo"

Com a pálida voz do medo
Gritei a saudade que vivia em mim
Guardei no peito o sonho e o segredo
Que precipitou-me o fim

E veio a chuva farta
Com toda a força que o sentimento tem
Quisera que essa dor que não me descarta
Não se escondesse na lembrança de alguém

E veio a fartura de dor
Com toda a força que a paixão contém
Fugindo busquei outro amor
Em corpos que não traziam ninguém

E veio o infinito pranto
Chuva farta que não quer cessar
Inundando de lágrimas cada canto
Desse meu inquieto coração que só sabe amar

E ama tanto e tão profundamente
Que chega a querer só se dar
E que por amar assim erradamente
Vive sempre a chorar

Aprende meu coração imaturo
Aprende que esse modo de amar é sofrimento puro
É eternamente sofrer

E que ninguém vai te amar como teu modo de amar requer
E nem deixará rolar lágrima sequer
Por você.





® Varley Farias Rodrigues

Varley
Enviado por Varley em 11/10/2006
Reeditado em 19/11/2006
Código do texto: T261850

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Varley Farias Rodrigues). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Varley
Fortaleza - Ceará - Brasil, 53 anos
127 textos (5448 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:05)
Varley