Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

será que posso? que sou capaz?
tenho o destino de estar só?

deserto, areia, caverna e mais deserto
chuvas, relâmpagos e tempestades
transpassam-me como uma mágica
marcam meu corpo e minha alma
um choro agonizante e enrustido
mantém meu ser encalacrado
desvia meu olhar de meu próprio horizonte
e me faz apenas manter-me cabisbaixo
observando meus passos sem saber pra onde vou

independente...
deserto infindável...
qualquer passo agora leva a lugar algum...

se houver uma saída...
apenas uma...
me ensine, oh! vento que vem do oriente...

preciso voar...
esquecer o frio da caverna,
o afundar da areia e o queimar do sol

traga-me tua brisa leve
toque meu rosto
acaricie meu destino
afaga-me em teu frescor

preciso voar,
vento por favor me leve
para outro lugar
mas se não houver saída
permita-me deixar de amar
não erga minha face caída
nem dê-me sonhos com o mar
MaxVc
Enviado por MaxVc em 12/10/2006
Código do texto: T262751
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MaxVc
Goiânia - Goiás - Brasil, 35 anos
75 textos (4215 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:21)
MaxVc