Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mete-me as garras quando quente, mas mente mente

Você diz que me ama
E até faz jura
Tatua o meu nome na pele
Mas me fere sem alma
Mete-me as garras quando quente
Mas mente mente mente

Você diz que é sincera
Mas se escancara por aí
Se escracha
Tem seus cachos
Entra numas
Tem outros nomes
Esses lances de internet
Namoros astrais
Mas quando me chama para dentro
Inflama
Queima queima queima

Você diz que me quer
Mas me perde por aí
Multidão
Não responde à chamada
Malvada fera
Só fala quando lhe convém
Diz que me ama
Faz poema et cetera
Mas me escama
Toda hora pinta uma história
Diz que é ciúme
Eu sei: é fuga
Mas quando me põe dentro
É louca louca louca

Você é a tal/ tem muito fã
Uma legião/ vagão lotado
Não pára na minha estação
Diz que tudo é só arte
Não pega não há toque
E nessa faz drama bolero
Letra de tango e contry
Cinema mudo
Eu já sou meio louco antigo
Meio rock meio punk
Sou torto mas não sou loki
Raul Los Dias
Enviado por Raul Los Dias em 13/10/2006
Reeditado em 13/10/2006
Código do texto: T263761

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raul Los Dias
Argentina
512 textos (75910 leituras)
1 e-livros (178 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:32)
Raul Los Dias