Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O que me resta

Fico inerte
ao ver o teu rosto,
o rosto que povoa os meus sonhos –
sonho de um amor ancestral.

Além de não me mover,
também não consigo falar,
me faltam palavras para dizer
tudo aquilo que carrego
em meu coração.

Fico eu abobado, parado,
como que sonhando acordado…
diante de ti não tenho ação,
nem mesmo sei quem sou.

Escapam-me os versos que crio
com todo cuidado pensando em ti;
simplesmente fogem de mim
os tão alegres versos.

Então, o que me adianta
ser poeta? Declamar (sozinho)
arquitetados poemas,
afirmando e reafirmando
o nosso amor, ou apenas o meu…

O que me vale decorar
palavra por palavra
de um discurso apaixonado
pensando em agradar-te?

Se diante de ti fico inerte,
passam-se as horas, o dia anoitece,
passam-se os dias, tua falta me enlouquece...
Então, o que me resta é sonhar.
Hernany Tafuri
Enviado por Hernany Tafuri em 14/10/2006
Código do texto: T264033
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hernany Tafuri
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 34 anos
188 textos (11337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:56)
Hernany Tafuri