Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O AMOR

          O AMOR

               
Tão profundo, rancoroso, aceito.
Vivido de qualquer jeito
Passando por vales estreitos
E nem sempre ele é perfeito...

Perturba nossa mente
Nos faz adolescentes
Se torna divergente
Mas como ele é quente...

Seu paladar é saboroso
Seu pecado tenebroso
Às vezes fica assombroso
Até sem torna doloroso...

Cabe na palma da mão
Em cima do colchão
Dentro do coração
Supera a ingratidão...

Se foge eu corro atrás
Por alguns minutos é fugas
Nem sempre ele é demais
Fazer sofrer como é capaz...

Viaja além do horizonte
E se o deixar seguir adiante
Para os pais vira um afronte
Mas escondido se torna ofegante...

Ah! Como ele é bandido
Nos faz amar escondido
Nem sempre ele é vivido
Porem como é doído...

Na ansiedade ele nos apronta
Suplica e depois afronta
Mas cadê o início, a ponta...
.Sempre o fim nos amedronta.
therê
Enviado por therê em 14/10/2006
Código do texto: T264534

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
therê
Erechim - Rio Grande do Sul - Brasil, 59 anos
49 textos (3307 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:25)
therê