Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOMENTE MULHER

Não existe maior enigma
Quando me sinto perdida
Sem encontrar qualquer saída
Buscando em seus braços acolhida
E assim mesmo me sentindo traída

Traída por esse querer
Que meu corpo junto ao seu
Faz-me ver e rever
Que sou sua sem você ser meu
E o que tenho de teu
Nada é mais do que desejo
Que sabemos passar como um lampejo

Mas nessa hora nada importa
Somos só nós dois agora
E perco a noção do perigo
Porque te quero comigo
E me entrego sem receio
Fazendo desse momento meu recreio

Nessa hora volto a ser menina
Que brinca de ser amada
Vejo-me em sua retina
E fico hipnotizada

E assim nos consumimos
Em horas de êxtase total
Vivendo como se fossemos os últimos
A fazer esse amor fenomenal

Enigma, segredo, mistério.
Seja lá o nome que tiver
Esse amor quase etéreo
Transforma-me em tão somente mulher...



LoucaporPoesia
Enviado por LoucaporPoesia em 15/10/2006
Código do texto: T264722

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (LoucaporPoesia). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LoucaporPoesia
Casimiro de Abreu - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
524 textos (104799 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:45)
LoucaporPoesia