Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alma repleta
Águida Hettwer

Eleva-me ao páramo deslumbrante, fusões,
Na solicitude do verso, jóias raras guardadas,
Baú de recordações, livros folheados de ilusões,
Relicário das emoções segregadas.

Resgatando o primor flamejante dentro do peito,
O coração convicto insiste em carregar marcas, persuadido,
Sentimento intocável pelo tempo desfeito,
Soneto de um amor escondido.

Sob o frescor da aragem, desfaço-me em suave encanto,
Sussurro do vento declamando,
Luz que acompanha o amanhecer, alvorecer num recanto,
Nos lábios o bem querer emoldurando.

Doçura sem definição,
Trago a alma repleta temperanças,
Lágrimas trêmulas sem ter caído no chão,
Remexendo lembranças.


15.10.2006


Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 15/10/2006
Código do texto: T264734

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1260 textos (116573 leituras)
15 áudios (2140 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:19)
Águida Hettwer

Site do Escritor