Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FLOR AUSENTE

Caí de mim num abismo profundo,
Como uma noite eterna em meus passos,
Busquei em vão meu sentido no mundo
E o mundo era vasto.

Amei uma flor que pensava ser minha,
Tão rara e bela que o sonho me deu
Na ilusão do reino a secreta rainha
E outro a colheu.

Se fui mais feliz,não lembra o passado
Que dela o perfume no instante ficou,
E hoje se tenho este sonho guardado
O tempo o levou.

Tão vasto o mundo,tantas outras flores,
No entanto só uma em vão eu amei,
Se vive de sonhos,se implora amores,
Não sei.

Sei que há em mim um abismo profundo
A me perder na solidão dos meus passos,
Procuro ainda um sentido no mundo,
Meu sonho inda é vasto!
Gilberto de Carvalho
Enviado por Gilberto de Carvalho em 16/10/2006
Reeditado em 14/08/2009
Código do texto: T265707
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilberto de Carvalho
Pirajuí - São Paulo - Brasil, 44 anos
299 textos (13353 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:48)
Gilberto de Carvalho