Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prosinha

Gosto de espreguiçar sem causa
Fingir que suas costas são a relva
Tocando pele a pele
Como tocaria o sertanejo, uma canção sem dor.

Quero correr ao relento
Brincar que teu perfume é a névoa
Inebriando meus sentidos com teu cheiro
Como embriaga o caipira, a alma.

Adoro colher sorrisos
Imaginar que tua face é rol de esperanças
Flertando boca com boca

Gosto de despir o corpo
Pensar que o teu faz parte do meu horizonte
E namorar como se faz na roça,
Amor nu, aos olhos do céu azul...

Gita Habiba
Enviado por Gita Habiba em 17/10/2006
Código do texto: T266648

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Gita Habiba). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gita Habiba
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 39 anos
305 textos (101399 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:50)
Gita Habiba