Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

perdão

Ao iniciar da manhã de hoje,
encontrei você triste pelo canto,
deparei-me com você em prantos,
pela primeira vez,
vi você fracassada e desanimada,
não entendia, o por que de tantas lagrimas,
O mundo naquele instante,
se acabou em ver você assim,
parecia que a dor estava em mim,
mas, ainda não sabia o que te deixava aflita,desinibida,
com vergonha de olhar em meus olhos.
Parecia que queria me dizer algo,
mas por que, por que.
Não quis saber naquele momento,
O que estava acontecendo,
Só queria saber de te acolher em meus braços,
e te deixar descansar.
com carinhos que te dava, suas lagrimas secavam,
aos poucos palavras de ti vinha átona,
foi ai que eu vi a dona, a dona do meu coração,
despedaçar-me com palavras curtas e cruas.
Você foi direta, incessível,
falou que sentiu um terremoto em sua vida,
um homem passava em sua cabeça naquele instante,
ai tudo mudou, nada era mais como antes.
Você dizia que não sentiu nada alem de atração,
atração, inicio de um desejo,
ou momento de descuido do seu coração,
existem varias formas de avaliar essa situação.
como um gesto de arrependimento,
você me fez esquecer tudo,
mesmo com meu peito estando em luto,
mais quem um dia não erra,
não que tenha errado alguma vez com você,
mais tudo é possível,
com o coração aberto, com uma dor infernal,
eu resolvi te dar mais uma chance,
e te dar o meu perdão.
iuri
Enviado por iuri em 17/10/2006
Reeditado em 17/10/2006
Código do texto: T266682
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
iuri
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 34 anos
46 textos (2654 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:05)
iuri