Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma manhã


Nestes versos, meu amor
Contar-lhe-ei o meu querer
A minha saudade e a minha dor
E a vontade de te ter

Lábios doces, eu ei de beijar
Tua pele alva, deliciar
Teu corpo sereno, acariciar
Sua beleza infinita, contemplar

Lágrimas de sangue, eu eu de derramar
Quando na manhã você partir
Deixando-me sozinha
Sem ao menos se despedir

Deixar-me na solidão
Com o corpo em chamas de paixão
Desejando ardentemente
Um longo beijo de emoção

Talytha Duarte
Enviado por Talytha Duarte em 17/10/2006
Código do texto: T266764
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Talytha Duarte
São Paulo - São Paulo - Brasil
3 textos (272 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:33)
Talytha Duarte