Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As marcas de tua alma

Hoje tu me dissestes que a idade pesava
Que os anos haviam se passado e deixado no teu corpo marcas
Mas a tua alma continuava imaculada
Sinto-a junto a minha, pulsando, captando as minhas emoções.

Hoje meu coração bateu mais rápido
Acelerou, correu de encontro ao teu peito
A tua saudade aos teus pensamentos Inquietantes, irrelevantes...

Tu tentas te controlar mas no fulgor do meu olhar
Te perdes, buscando o infinito
Que te assombra e enlouquece
Te entontece, como teias que prendem o teu ser ao meu.

Ontem, vivestes as mesmas emoções desencadeadas pela busca intensa da volúpia de nossos corpos
Mas esquecestes que dentro do mesmo habitava um coração
Cheio de esperanças, de desejos de viver essa paixão
De dançar a musica suave da alma que ecoava no universo.
Wanda Ayala
Enviado por Wanda Ayala em 17/10/2006
Código do texto: T266936

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Wanda Ayala-www.recantodasletras,.uol.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Wanda Ayala
Portugal
425 textos (36702 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:11)
Wanda Ayala