Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nulidade do Tempo

A tua permanência é estática.
Involuntária.
Ferve na minha mente,
mas endurece quando se esvaí.
Nosso tempo não há mais!
Rotas falas, tua presença
não mais me atraí.
Esse ciclo que termina
tomara traga bons fluídos.
Recarregue a energia
que se desfez e
se perdeu dentro de nós.
Novas rostos pra pintar!
Aquarelas, telas loucas
outros tons pra matizar.
O cansaço se instalou
o inverno já passou
eis que lastra outro momento
e podemos novamente
nos mostrar.

MariSaes
Enviado por MariSaes em 18/10/2006
Código do texto: T267256

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o sitedoautor.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MariSaes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1694 textos (65132 leituras)
2 e-livros (52 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:18)
MariSaes