Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOIS AMORES

DEITADA ENTRE MEUS DOIS AMORES
QUE SÃO TÃO DIFERENTES
MAS ENCANTADORES CADA UM COM SEU JEITO
FORMA DE SER
E PENSAR
OS CORPOS GRUDADINHOS
TÃO QUENTINHOS
EXALANDO UM CHEIRINHO
TÃO DOCE E SUAVE
QUANTO A BRISA DA MANHÃ
E OBSERVO POR ALGUNS INSTANTES
A LUZ DO SOL A REFLETIR
O COTORNO E BELEZA
MOSTRANDO-ME O PODER DA NATUREZA
E ME PEGO A PENSAR
COMO SÃO LINDOS
EU DONA FLOR?
TALVEZ
MAS ELA NÃO TEVE TANTA SORTE ASSIM
TÃO PURO COMO ÁGUA CRISTALINA
AMOR ASSIM JAMAIS TERÁ FIM
DORMEM COMO ANJOS
OS MEUS SERES AMADOS
AQUI NOS MEUS BRAÇOS
COMO SE ESTIVESEM SIDOS
PELA MAMÃE
ENCANTADOS


PARA AS PESSOAS A QUAL NÃO TENHO LIMITES PARA AMAR

TAUANY & RAUL
K F
Enviado por K F em 18/10/2006
Reeditado em 18/10/2006
Código do texto: T267318
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
K F
São Paulo - São Paulo - Brasil
71 textos (5492 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:38)
K F