Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem você...

Vago quieto
em noite serena,
lamento muito
sem nenhum pingo de tristeza.
Sorriso maroto,
falso também.
Felicidade
já não tenho.
Sobrou-me melancolia,
não tristeza,
e sim agonia
que me condena.
Olhos molhados
quase cerrados.
Olhos quentes,
de dor ardente.
Olham as estrelas.
Imagino areia
por debaixo de meus pés.
Imagino marisia.
Vejo você...
Vejo minutos que acabaram antes do previsto,
Vejo não mais um sorriso.
Vejo lágrimas,
que passam como sonho,
sem nenhum abandono de valor.
São lágrimas verdadeiras,
mesmo que não existam.
São as quais desejo desperdiçar.
Logo meu amar
perdeu valor.
Por quem eu poderia sentir
tanto amor?
Senão você...
Quem mais existe para mim agora?
Não tenho ninguém.
Quem eu tinha me deixou desdém.
Imagino uma porta nesta minha praia,
porta que devo atravessar.
Porta da realidade,
que me trará a verdade
e me deixará descansar.
Vivo noites serenas,
sem lembranças do teu beijo,
nem do teu abraço quente
que me dava conforto.
Vivo minha vida sem você.
Não me tente por favor.
Não sou brinquedo,
tenho palavra única
e sem volta.
Palavra que eu te dei,
a palavra 'ADEUS'.
Michel Wooller
Enviado por Michel Wooller em 18/10/2006
Código do texto: T267698

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link de onde encontrou). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Michel Wooller
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 27 anos
43 textos (2285 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:44)
Michel Wooller