Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Isaltina Classe Média

Roma, a Capela Cistina.
Vou com a minha Isaltina.
Seu riso mais estridente
nunca me amofina,
pois sigo mais que contente
que a água mais cristalina
da mais bonita nascente.

Niagara é tão divina,
talvez uma bela menina,
porém bem menos imponente
que Foz do Iguaçu que alucina
com suas quedas. Somente
perto da minha Isaltina
sou muito mais coerente.

Paris, Londres, Diamantina,
qualquer lugar Isaltina
me faz achar atraente.
Mesmo a mais alta colina,
um Macho Picho inclemente,
não me altera a rotina
de tê-la indefinidamente.

O mundo é pequeno, Isaltina,
cabe na minha retina
sempre que a vejo indolente
com esse olhar que fascina,
me atiça e me torna carente
porque logo me determina
que a tenha imediatamente,

Isaltina!


Rio, 26/04/2006
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 19/10/2006
Código do texto: T268143

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144491 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:45)