Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ao Mar

Vem que há tanto a desvendar...
Deixa eu te mostrar outros caminhos
Deixa eu te tocar
Te namorar
Falar besteira
Abrir o champanhe
Ascender a lareira
beijar o seu corpo
te fazer carinhos

E se você não vem
Deixa que eu vou
Te mostrar lugares
te contar segredos
ao pé do ouvido
Escorrer meu suor entre os seus dedos
Perturbar você, porque eu não ligo
para o seu discurso confuso
indeciso e indecente.
para as suas palavras cortantes
e o seu jeito indiferente

Não vou deixar você fugir de mim
nem respirar
nem me deixar
como bilhete de amor na garrafas
sem destino e sem resposta
solto no mar,
a deriva...
Como uma estória sem fim.
Silvia Arcoverde
Enviado por Silvia Arcoverde em 19/10/2006
Código do texto: T268145
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvia Arcoverde
Brasília - Distrito Federal - Brasil
58 textos (3624 leituras)
3 e-livros (94 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:27)
Silvia Arcoverde