Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Choras criança


 
 
Choras criança,
derrama tuas lágrimas pelas encostas de mim, canta teus versos,
os mesmos que um dia escrevi,
nas rimas que desenhei usando tom de amor, veja,
é um rio que passa e te sorri, pisa com teus pés às margens refrescantes,
sente, a água te abraça e envolve a sombra que deixaste cair.
 
 
 
Choras criança,
tuas lágrimas não ficarão mais presas às perdidas lembranças,
verás germinada,
sementes dos sonhos que um dia plantastes, saberás,
teus os pés que marcaram os caminhos nunca antes pisados;
e voarás rumo ao desconhecido sabendo teu o destino que abraçaste.
 
 
 
Choras criança,
mas que não seja de tristeza as lágrimas que te lavam a face,
choras tuas alegrias em contendas de paz,
sede o acalanto acolhendo os que te chamam nas madrugadas e verás:
A alma criança, és tua,
que hoje caminha transformando as dores em esperança.
 
 
 
Choras criança,
mas que não sejam tuas lágrimas destinadas a mim,
peço-te pois, se permitires, o riso puro dos que correm campinas sem fim.
A liberdade te espera criança,
venhas pois na hora certa do tempo que ainda tens e voaremos juntos então,
sobre o mundo onde a poesia tem vida nas rimas que um dia acolhi com meu sim.
 
 
 
14/09/2006
Aisha
Enviado por Aisha em 19/10/2006
Código do texto: T268428
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35175 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:05)
Aisha