Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Acordar amor


 
 
Levantou-se sóbrio o amor trazendo consigo o sol que veste as manhãs,
vibrou no calor o aço que envolvia o corpo nu,
soltou das correntes o rio que corre sem saber que destino seguir
e um olhar mostrou o caminho no toque que meu corpo desejava sentir.
 
 
Na voz rouca que trazia o bem no dia que começava surgir,
levantou-se soberano o poder que  trazia em si,
uma ave só, que mostrava ao mundo o caminho que levava ao céu,
cantou em bemol ao ver-me entre as cortinas de um breve sorrir.
 
 
Tocando o mar, a brisa dançava desenhando ondas que chegavam aos pés,
libertas areias diziam do tempo que não se podem reter os sonhos nascidos em poetas,
mais um canto no vôo da ave que tão bem sabia o caminho que levava ao céu
e o amor retratado no homem que deixou sua imagem rimando o verso que hoje me resta.
 
 
Levantou-se sóbrio o amor trazendo consigo o sol que veste manhãs,
no calor que envolve meu corpo nu, vibra o aço no desejo que me mantém,
livre das correntes, entrego-me ao rio que corre sabendo a direção a seguir,
recriando meus sonhos na imagem do amor que rima meus versos no hoje que vem.
 
 
26/09/2006
Aisha
Enviado por Aisha em 19/10/2006
Código do texto: T268430
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35173 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:26)
Aisha