Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sussurro

Arre!
Não sei o que há comigo!
Tudo em mim hoje geme.
Até mesmo a fórmula da relatividade hoje seria a explosão emocional de uma poesia magnífica!
O próprio Einstein com seus cabelos espantados ganharia uma metáfora.
Os claps da sandália da minha vó subindo a escada soam num ritmo diferente!
(Antes nem as ouvia)
O gato ganhou um miado mais romântico!
E tudo sorri.
Desconfio um quê de falso.
Tudo em contraste me parece lento
E meu coração bate como que marcado pelos passos de um funeral.
Funeral do tempo. E anseio que o momento seguinte chegue logo.
 
Ouço sussurrando em meus ouvidos o mundo invisível
Um suspiro de Deus dizendo:
Menino! Menino!
Os anjos!!! Ah! Os anjos!!!
(apaixonado também)
não vá se machucar!
Sérgio Caldeira
Enviado por Sérgio Caldeira em 23/12/2010
Reeditado em 23/12/2010
Código do texto: T2687189

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sérgio Caldeira
Itapecerica da Serra - São Paulo - Brasil
89 textos (6835 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/17 23:50)
Sérgio Caldeira