Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


SERIA AMOR ???




Encostas a cabeça em meu peito 

Sinto da face o calor, 

Do cabelo, suave olor 

O perfume de tua nuca me embriaga 

Não tem jeito, a mente divaga 

Assim juntos, colados 

Tento entrar em teu pensamento 

Como águia à pescar, nele de chofre 
mergulho 

Do que vejo, desculpe ... me orgulho 

Já não mais vejo, já sinto 

Enebriado pelo absinto 

Instinto é levado à suscinto 

Afloram sentimentos vividos 

Momentos ternamente sentidos 

Ocasiões, sem ilações, à invejar 

Amantes experientes, profissionais 

Mas nossos momentos são especiais 

A entrega de um ao outro é completa 

Nada forçado, nada programado 

O murmúrio do farfalhar de lençóis 

O sussuro no ouvido 

O hálito quente à avivar paladares 

A explosão do êxtase profano 

Soa como canto gregoriano 

Acontece no querer 

A entrega é mútua, 

É a mostra do entendimento 

Sem casamento, 

Sem aliança 

Sem cobrança 

Apenas a vontade da abastância 

Sempre foi e será integral 

Fortuíto para os desprevenidos 

Satisfatório para nós dois 

Te ver, admirar, do corpo usar 

Eu te uso, tu me usas 

Somos amantes de igual tamanho 

É uma troca de prazeres 

Um se satisfaz no outro 

Ambos nos sentimos bem assim 

Vivemos como se isso não tivesse fim 

Vivemos o hoje, mesmo espremido 

Entre o ontem e o amanhã 

A mente é pródiga, nada de chã 

Olhamos para o alto e para a frente 

Em nada somos diferente 

Homem e mulher 

Diferença entre garfo e colher 

Para se colher uma rosa 

Tem de se conviver com os espinhos 

Mas entre nós são apenas afetos e carinhos 

Paixão.... 

Te amo de montão!
GDaun
Enviado por GDaun em 20/10/2006
Código do texto: T268799

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (42999 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:12)
GDaun