Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando estás longe

Humedeço nos lábios os sonhos acordados na noite quente.

Molho-os no desejo que trago na língua de uma boca que arde sem ti

E guardo nas cartas de amor que chegam frias ao meu peito o desmaio

do pombo que voou na nossa sede que adormece com a gaiola aberta

Assim estivesse o meu corpo, meu amor

Assim estivesse o meu corpo, meu amor

aberto, cárcere  de ti no curso dos voos.

 

Ana Mª Costa

Ana Maria Costa
Enviado por Ana Maria Costa em 20/10/2006
Código do texto: T269078
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Maria Costa
Portugal, 50 anos
152 textos (6923 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:52)
Ana Maria Costa