Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PROCURA

Quando o primeiro sol nasceu,
Eu era um só,
Seguro de habitar o limbo
Na razão e no amor.
Felicidade plena,
Poder olhar pa si oculto no espelho.
Retornava a mim meus pecados
E a mim vieram as respostas.
Procurava a dor por não sabê-la
Tão íntima do vazio ao meu lado,
Lutava contra o óbvio e o enfado
Até que me surgiu a idéia de ir aos deuses,
Buscá-los,para igual confrontá-los.
Escalei o espírito até a alma
E lá estava o alfa e o ômega,
Eleitos na inscrição da espada:
"Vides ad te!" Verbo que separa,
Para longe o eu do oriente,
O ocidente agora conhecido,
E nunca mais a paz de estar amando.
No desejo há falta,esclarecido,
O amor se fez ave rara
Que pousa nos olhos mas foge se a aponto,
Sem saber que ao céu estamos unidos.
Desde então procuro em toda parte,
Em cada espelho,em cada alva,
Minha outra metade da alma.
Gilberto de Carvalho
Enviado por Gilberto de Carvalho em 22/10/2006
Reeditado em 14/08/2009
Código do texto: T270499
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilberto de Carvalho
Pirajuí - São Paulo - Brasil, 44 anos
299 textos (13355 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:47)
Gilberto de Carvalho