Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EM CADA AMANHECER


Em cada amanhecer,
vejo um pouco de você.
Vejo seus olhos fixos no meu,
vejo relâmpagos de desejos,
Vejo os raios de sol que penetram em minha janela,
aquecendo-me neste frio.
Vejo,sinto,  o frio esvair-se dentro da fina camada
de calor vinda do sol.
Vejo e ouço os pássaros cantando,
pousando,
anunciando mais um dia lindo à nascer.
Felizes por serem livres e cantam por estarem vivos.
Vejo em seus olhos, o reflexo dos meus olhos.
Ao amanhecer,
vejo o vôo da gaivota, ouço o barulho das ondas do mar,
o vento à soprar,
e sinto o ar pra respirar.
Ao amanhecer, sinto a sua presença,
estando junto, perto ou longe de
você.
E neste estase de sensações,
eu mergulho em meus pensamentos
e tenho você comigo
a todo instante em meu ser e  momento.
Porque no amanhecer,
vejo você, em você, eu me vejo,
e entre nós dois, não existe nada que se possa comparar
a doçura, a ternura, ao amor.
Por isso, eu sei que você me ama e eu também te amo.
BY MÔNICA BYNOT
18:38 - 02/09/2006
Mônica Bynot
Enviado por Mônica Bynot em 22/10/2006
Código do texto: T270619

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mônica Bynot
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1493 textos (100871 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 14:08)
Mônica Bynot