Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Morte do amor de um poeta

Morte do amor de um poeta
 
 
Treme as mãos do poeta
quando pega a caneta
para escrever a dor
tendo a alma sangrando
do seu mais recente mal...
.
.
.
Feliz caminhava pela estrada do amor
não tinha olhos para outra direção
sua visão estava direcionada somente
para a alegria que cada passo lhe dava
eram flores e mar azul
céu aberto com sol forte
canto dos pássaros e vento leve
 só contentamento...
 
De repente
trovões vindo de longe
vento forte de virada
revolvendo a terra na estrada
enchendo os olhos do poeta de areia
sufocando seu peito
sem mais cantar dos pássaros
que se esconderam do vento
as flores se fecharam
se protegendo do mal tempo
o mar ficou cinza, revolto
ondas enormes arrastaram
o amor do poeta...
 
Sem entender porque tamanho descontento
parou no caminho e chorou
entendendo que acabava ali sua alegria
seu amor tinha ido embora...
 
O mal do amor se deu numa velocidade inexplicável
afinal, tinha consigo que nunca iria sofrer este mal
confiava na certeza do seu amor correspondido...
.
.
.
Mas a fatalidade matou em seu caminho o amor
expulsou a esperança deixando escancarado a verdade
...era o fim...
restava escrever sua dor e continuar na estrada
insistindo num novo amor...
 
Jataí GO
20.10.06
Cassia Vicente
Enviado por Cassia Vicente em 22/10/2006
Código do texto: T270709

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Cássia Vicente- www.cassiavicente.com). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cassia Vicente
Jataí - Goiás - Brasil, 58 anos
943 textos (56865 leituras)
8 e-livros (762 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:26)
Cassia Vicente