Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sim, eu te amo.

Sim, eu te amo.

Te amo pelo que és,
por tudo que me dá e
por tudo que representa.
Te amo pelo que ninguém tira de você,
tua imagem,
tua naturalidade,
tua imaturidade,
tua sinceridade.

Te amo além da morte.
Porque te amo muito além do real,
além do universo,
pois me dá o total.
Me dá o todo.
Me ensina a ver as atitudes
de um mundo,
como simples e naturais.
Me dá o  imortal.


Te amo sim.
Te amo pelo simples fato de ser o que é.
Te amo pelo simples fato,
de ter me ensinado o amor real;
o seu amor por mim.
Sua dedicação ao seu sentimento puro,
que trás dentro do peito por mim.
Sei que corpos não se encontram,
nunca se experimentaram,
mas, o amor existe
de dentro pra fora,
transborda em felicidade,
tudo que é sujo e hipócrita.
O amor transforma, ensina, amadurece;
igual a fruta que de verde,
passa a madura,
sem ficar podre.
Igual a flor quando desabrocha.
Igual ao amor que você sente por mim, sei que é imortal,
sei que é total, sei que é sentido, mesmo sofrido,
é vivido, é guardado
pra na hora,
ser posto pra fora.


Mônica Bynot
20:20 - 02/10/2006
Mônica Bynot
Enviado por Mônica Bynot em 23/10/2006
Código do texto: T271126

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mônica Bynot
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1493 textos (101122 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:35)
Mônica Bynot