Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Primavera

Surgiram os botões da primavera, flores se abriram
No alto aonde o vento é calmo e os pássaros
Vão, que felicidade tola, momentos inesperados,
De alegria e esplendor invade-me a alma agora.

E os grandes cedros das montanhas que se colorem
De emoção, encantam pardais, espantam  os males
E sugerem beleza aos bosques verdejantes
Clareando a treva desse pobre viajante.

E os botões da primavera, que alegres esperam fecundo,
A flor espalhar em  silêncio a semente para o mundo.
Arrancam de minha ‘lma a beleza mais sincera e profunda.

Em vôos rasantes vão os pardais sem destino
Asas frágeis se batendo no prumo da doce mente!
Burilando memórias antigas animando o eu menino.

 

R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 23/10/2006
Reeditado em 23/10/2006
Código do texto: T271272
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3128 textos (79565 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:12)
R J Cardoso