Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olhar Cadente

Não sei se desconfio,
Desconfio sim.
Ela soltou dos olhos um olhar cadente,
Sentindo inveja da possa d’água nua na serena noite destrelada.

Fosse assim, de repente,
Um ingênuo olhar que fosse.
Mas que olhar pendular!
Diz que sim, diz que não.
Diz que sim novamente.

Enquanto esta cena se passa,
Eu penso:
Outro cenário,
Outra expectativa,
Um silêncio. Um suspiro. Um suspense.
Um desejo.
Sérgio Caldeira
Enviado por Sérgio Caldeira em 08/01/2011
Reeditado em 08/01/2011
Código do texto: T2717062

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sérgio Caldeira
Itapecerica da Serra - São Paulo - Brasil
89 textos (6791 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/07/17 10:02)
Sérgio Caldeira