Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Doce Sangue



Sou sombra, na noite me deito,
nas ramagens, meu corpo, seu ponto falho
chama-lhe em gemidos cálidos,
 vem, toma de mim, és meu eleito.

Sou nas sombras o que tens procurado
guio teus passos de forma ordinária
pela noite escura, sou presa involuntária
do beijo que na morte tem destino esperado.

Dou-te em cálice o alimento fremente
Sou tua paz nesse amor eloqüente
Sou a dama que dança em noite infinda.

Presa a ti, sou fera acorrentada
Tens em mim a felina transfigurada
no alimento preciso de forma indistinta.
Aisha
Enviado por Aisha em 24/10/2006
Código do texto: T272506
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35174 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:43)
Aisha