Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Almas gêmeas

Almas gêmeas

O tempo não existe
Enquanto respiras,
Meu corpo ao teu não resiste
Tu ainda me inspiras

Sonhos de criança
Brincando no jardim da infância
Na gangorra do tempo
O reviver de nossos momentos

Sonhos de jovens
Namorando escondidos no cinema
No passar rápido das horas
Olhos na tela, mãos dadas

Sonhos de gente grande
Se amando nos hiatos da vida
Sem pressa, amadurecidos
No vai e vem das ondas de prazer...

O tempo não existe
Enquanto suspiras
O pente que não mais utilizas
O dente que não mais te pertence

O tempo resiste
Em trazer-te pra mim
Em cada explosão do oceano
Em ondas fortes beijando a areia

O tempo não existe
Quando ao meu lado conspiras
E nossos olhares se cruzam
Revivendo carícias, delícias

O tempo resiste
Em fortalecer este grosso elo
Desta corrente que não se rompe
Este fogo que nos consome

O tempo insiste
Em unirnos em alvos lençóis
Em presentear-nos com tantos arrebóis
Onde juntos revivemos

As carências de ontem
As delícias do prazer do agora
E eternamente saber
Que almas gêmeas não dizem adeus, não vão embora.


Aradia Rhianon
Enviado por Aradia Rhianon em 24/10/2006
Reeditado em 05/03/2015
Código do texto: T272606
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aradia Rhianon
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1208 textos (87735 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:38)