Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO CHEGA O AMOR.

Ele chega como quem não quer nada.
Não manda aviso, não faz barulho.
Sempre fica quieto observado para no momento exato entrar.
Mas quando ele entra nada fica no lugar.
Varre os quatro quanto do teu mundo.
Joga tudo para ar.
Deixa-te atônito, sem palavras.
O coração, esse coitado pulsa tão rápido que parece que vai parar.
Que diabo de sentimento mais louco, sem juízo.
Que outro sentimento é tão misterioso, mas ao mesmo tempo tão transparente.
Ninguém consegue fingir nesse momento.
Parecemos meninos na hora do recreio, tudo é alegria.
Quando se está amando, os olhos brilham o sorriso não sai dos lábios.
Quando se ama, somos mais tolerantes, vemos tudo com suavidade.
Dançamos sem o som da música, pois o tom é o pulsar de nosso coração.
Esquecemos as mazelas do mundo, pensamos que tudo é maravilha.
 Mas quando o amor vai embora, aí coitado de nós.
O mundo desaba, a lua desbota, sobra saudade.
As borboletas viram lagartixas, e perguntamos, por que o amor acaba?
Mas o amor nunca acaba nunca vai embora ele só entra de férias.
Pois ele vai voltar para mais uma vez bagunçar com nossa vida e nos trazer alegrias.







MARIEL BENAION
Enviado por MARIEL BENAION em 24/10/2006
Reeditado em 17/07/2013
Código do texto: T272707
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MARIEL BENAION
Manaus - Amazonas - Brasil
110 textos (15159 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:18)
MARIEL BENAION