Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UTOPIA

O que eu quero não é tão pouco,
São meus sonhos tão altos quanto um vôo em extâse deste amor tão louco.

São meras ilusões qual estrela incandescente,
Um doce nos lábios, de quem ainda não se deu conta deste mundo decadente.

São curvas sinuosas que escondem a noite do dia,
Mergulhos, em uma mente inconsciente, perdida na utopia.

Restos de sons desconexos que aos ouvidos dores provocam,
Somos nós, dois lábios dormentes em uma mesma boca, que apesar de unidos não se tocam.

Somos vazios separados,duas mãos perdidas,
Somos elos paralelos que não se uniram nesta vida, ainda...

... Ainda, pois o que eu quero não é tão pouco,
São meus sonhos tão altos quanto um vôo em extâse deste amor tão louco.
Mary Rezende
Enviado por Mary Rezende em 25/10/2006
Reeditado em 25/10/2006
Código do texto: T273150
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mary Rezende
Goiânia - Goiás - Brasil, 49 anos
621 textos (29541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:33)
Mary Rezende