Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOM DE BOLERO


Quando a porta se abriu
E o som do bolero ecoou pelo ar
Meu corpo todo se contraiu
No frêmito de querer bailar


Meus olhos logo lhe procuraram
À volta de todo o salão
Do outro lado, seus olhos me fitaram
Num misto de desejo e adoração


Nos envolvemos lentos e compassados
Olhos nos olhos, com ardente paixão
Nossos corpos entrelaçados
A rodopiar extasiados pelo salão


Suspiros, boleros e beijos
Música envolvente e sedução
Amor palpitando dentro do peito
Carícias e indescritível emoção!




Sônia Maria Grillo
(B@by®)





19.12.2003
Vitória-ES
Baby
Enviado por Baby em 25/10/2006
Código do texto: T273486
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Baby
Vitória - Espírito Santo - Brasil
587 textos (21960 leituras)
2 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:58)
Baby