Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Theo Te Amo...

Eu nasci,
porém não sei bem em que momento
Não sei se quando minha mãe me teve
ou quando me descobri.

Bom nasci, mas não sabia viver
fui sofrendo, fui chorando,
achando que ia morrer.

Nas estradas dessa vida,
muitas pedras eu encontrei
Nem todas me derrubaram,
mas todas eu derrubei.

Por muitas vez me apaixonei
mas foi tudo ilusão
era tudo mentirinha,
mentirinha do meu coração.

Mas eu não deixava de sonhar
E aquele homem em meus sonhos sempre a estar
Era a noite que me fazia feliz
No meu sonho eu tinha o que eu sempre quis.

Então, ao acordar
era triste meu olhar
Relacionamento sem gostar
Sorriso à forçar.

E por dentro estava a chorar
Por meu homem não conseguir achar
Queria poder lhe abraçar,
te sentir e te beijar.

Mas você onde estavas?
Não queria me encontrar?

De repente você tão perto estava,
como não consegui notar?

Você encontrou sua flor,
tão murcha, tão cinza, tão triste,
Mas mesmo assim deu-lhe amor.

Você a abraçou e curou sua ferida
Trouxe finalmente cor para minha vida.

Hoje eu te amo,
não sei viver sem ti...
Que mais podia pedir??

A não ser o que posso lhe dar...
AMOR, AMOR, E MAIS AMAR...






Borboletinha
Enviado por Borboletinha em 26/10/2006
Código do texto: T274274
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Borboletinha
Santos - São Paulo - Brasil, 32 anos
1 textos (59 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:58)
Borboletinha