Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Interrogações


 
 
Quantos  tons têm a mão que me tocou?
De quantos horizontes é feito o amanhã que chegou?
que som traz a boca que beijei
ao acordar amor nos braços que deitei?
 
 
De quantas esquinas é feita à estrada por onde caminhei
levando comigo o pouco que sou e o muito que não sei?
Quais respostas me faz perfeita dentro da imperfeição?
Por que choram os olhos em amanheceres de glória
pisando o chão que implora pelo novo que recriei?
 
 
Clama a alma acordando em madrugadas,
na espera abatida em um novo corpo comunguei,
falei de amor na canção que o sentido entoou,
pelos cantos da vida onde em partida o achei.
 
 
De quantas cores foi feito o jardim que meu mundo enfeitou?
A quantos deuses supliquei pelo amor que em você encontrei?
Sou sonho e tempestade ventando esperança ao lhe ver chegar,
toma meu corpo recolhido na saudade de quem parte querendo ficar,
serei amor eternizando a alma no tempo onde a você me entreguei.
 
 
São de algodão as nuvens que no meu céu espalhei,
tomei o ar como aliado a espalhar o aroma do amor,
senti meu corpo vibrando diante do universo que se abriu
na única flor que surgiu colorindo o cinza que nutria a dor.
 
 
19/08/2006
Aisha
Enviado por Aisha em 27/10/2006
Código do texto: T275239
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35173 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:44)
Aisha